entre em contato
Para você

As 5 Macro Tendências para seu escritório a partir de 2021 pela visão da Workplace – O Escritório Pós Pandemia

Foram tantas novas palavras que entraram para nosso vocabulário em 2020, não é mesmo? ‘Novo normal’, ‘híbrido’, ‘home office’, ‘flexível’, ´pandemia’, ‘protocolos sanitários’ dentre tantas outras.

Mas, a encantadora capacidade humana de adaptação nos fez passar por tudo isso, descobrimos a produtividade em trabalhar de casa, adaptamos rotinas, incorporamos ferramentas de conexão remota com facilidade, usamos máscaras, álcool em gel e seguimos.

Mas e daqui para frente, como será?

Após meses e meses longe de nossos escritórios, longe fisicamente de nossos colegas e gestores, passando por celebrações de final de ano de forma remota e com o ar da graça da vacina por vir, o que podemos esperar a partir de 2021!?

A Workplace tem um time de profissionais com uma vasta experiência em arquitetura corporativa e após algumas discussões internas, vivência de nossos clientes e análise de artigos internacionais sobre economia, arquitetura e saúde, elaboramos 5 Macro Tendências para seu escritório a partir de 2021 no Pós Pandemia:

1. Social – unir pessoas, diversificar, impactar a sociedade

Sim, o escritório tem uma fundamental função social de unir pessoas. Somos humanos e precisamos conviver e já é um consenso que o modelo híbrido veio para ficar, ou seja, os times poderão escolher dias para trabalhar de casa e dias para terem encontros físicos no escritório, o que nos dá a liberdade de ter um lugar seguro para trabalhar que não seja só nossa casa. Iniciamos nossas Macro Tendências pelo pilar ‘SOCIAL’ porque é o pilar mais humano dos pilares, e além de conviver, a empresa também tem a oportunidade de reunir a diversidade em seus times por meio de pessoas com pensamentos e vivências diferentes, porém todos guiados pela razão da empresa de existir impactando bem mais que a atmosfera da empresa e sim toda sociedade que está inserida.

DICA DA ARQUITETURA: Locais de privacidade para realizar reuniões remotas com concentração e tranquilidade com pessoas que não estão ali fisicamente, bom nível de conexão tecnológica para todos e espaços para socializar e descontrair certamente são atributos necessários para o escritório do futuro. As empresas são formadas por pessoas que lidam com outras pessoas o tempo todo!

2. Saudável – cuidar dos aspectos sanitários com atenção à saúde física e emocional

Nunca cuidamos tanto da saúde como no ano passado! 2020 nos ensinou hábitos que vieram para ficar. E como a vacina ainda está a caminho, protocolos sanitários que pensam no individuo e no coletivo continuam sendo vitais.

Poder ir até o escritório como uma escolha também é cuidar da saúde emocional dos colaboradores e ao chegar lá, todos os procedimentos sanitários de distanciamento e higiene estejam instalados e bem comunicados.

DICA DA ARQUITETURA: pontos de higienização, como pias ou dispensers de álcool em gel, medidores de temperatura automáticos, armários que permitam as pessoas guardarem seus pertences pessoais tornando o ambiente mais propicio à limpeza, dispositivos ‘mão livre’ ( “touchless”, ou seja, sem contato físico), uma excelente comunicação visual que oriente os usuários sobre distanciamento e protocolos de sanitização e a presença de cores calmantes nas paredes ou elementos pelo escritório são características que oferecem um ambiente mais saudável.

3. Sustentável – cuidar do meio e priorizar elementos naturais nos espaços

A conversa de cuidar do meio que estamos inseridos já não é novidade para ninguém. Mas, acima de tudo isto requer consciência e atitude de todos.

Se antes contato com elementos naturais já era importante, depois do que passamos na pandemia, percebemos que é fundamental: circulação de ar natural, incidência solar, paisagismo etc. O contanto com a natureza nunca foi tão importante para revigorar nosso estado emocional como agora, além é claro, da funcionalidade que cada elemento traz ao ambiente.

Já existem certificações muito reconhecidas no meio da arquitetura e construção civil, como o  ‘Leadership in Energy and Environmental Design’ ou LEED – que é um sistema internacional de certificação e orientação ambiental para edificações utilizado em mais de160 países sempre com foco na sustentabilidade de suas atuações e intervenções. Mas, se seu escritório ainda não pôde alcançar o LEED, existem outras formas de ser sustentável.

DICA DA ARQUITETURA: lembre-se que ser sustentável começa por atitudes em seu escritório: crie pontos de reciclagem e facilite o descarte adequado dos materiais, evite copos descartáveis e incentive o uso de canecas e copos individuais que sejam sempre reaproveitados. Tome atenção ao que for impresso. Está faltando um verde no seu escritório? Há uma enorme biodiversidade e com o auxílio de um profissional, você pode encontrar uma plantinha que seja mais resistente ao ambiente do seu escritório, mas sempre com atenção a rega e cuidados.

4. Adaptável – atender necessidades sob demanda oferecendo sempre conforto

O escritório é um ‘ser em movimento’, ora com mais colaboradores em Home Office, ora com times em expansão e precisando de mais estações de trabalho. Por isso, nós da arquitetura corporativa adoramos o atributo COMPONÍVEL! Mas afinal o que é componível? O significado desta palavra é ‘daquilo que é possível compor’. Na prática são espaços inteligentes que se adaptam conforme a necessidade do usuário sempre tendo em vista conforto.

Não é difícil lembrar daquela sala de reunião que tem uma parede retrátil que torna o ambiente mais amplo e logo pode virar uma sala maior ou da área de descompressão com arquibancadas que se torna um auditório para comunicados importantes.

DICA DA ARQUITETURA: os espaços devem ser planejados considerando não só a demanda atual de colaboradores, mas os planos futuros da empresa de crescimento e adaptações. Um estudo que identifica o número de colaboradores em Home Office e a capacidade ideal de pessoas presentes fisicamente em um único dia é essencial para organização dos espaços.

“Estratégia de longo prazo não lida com decisões futuras, mas com o futuro das decisões presentes” – Peter Drucker.

E não podemos deixar de lado o CONFORTO que tem quatro vetores essenciais que sempre consideramos em nossos projetos:

– Lumínico: é sempre muito importante que seu campo de trabalho tenha a luminosidade que te gere visibilidade e contraste (a luz pode ser natural ou artificial);

– Térmico: 23 graus! Segundo a NR17, do Ministério do Trabalho, a temperatura do ambiente de trabalho onde são executadas atividades intelectuais como nos escritórios deve ficar entre 20 e 23 graus centígrados. Por isso, cuidado com lugares quentes ou frios demais. E nunca se esqueça da ventilação: a circulação de ar proporciona renovação do ambiente;

 – Acústico: as pessoas precisam de silêncio para se concentrar e por isso uma série de materiais e tratamentos acústicos podem ser aplicados nos escritórios;

– Ergonômico: mesas e cadeiras adequadas, suportes de notebook, monitores, teclados e mouses são alguns dos elementos que trazem conforto e eliminam a ‘conta’ das dores musculares no final do dia.

5. Conectado – catalisador de ideias e decisões, presenciais ou remotas, para fazer o negócio girar com a agilidade da tecnologia

A quinta e última Macro Tendência para o escritório no Pós Pandemia já não é uma novidade para nós aqui da Workplace.

Em outro artigo do nosso blog criamos um conceito PRÓPRIO para o FUTURO DO TRABALHO chamado 4Cs, sendo que um dos Cs é de CONEXÃO (se quiser conhecer os 4Cs, veja o link: https://www.workplace.arq.br/o-futuro-do-trabalho/)

E agora na pandemia vimos o quão fundamental é a conexão. Estamos falando das várias faces da conexão. O escritório precisa ser conectado com pessoas – ser o ponto de encontro de ideias e decisões no ambiente corporativos como retratamos na primeira Macro Tendencia deste artigo – SOCIAL.

Deve ser conectado tecnologicamente já que simultaneamente teremos pessoas do mesmo time presentes fisicamente e pessoas remotas para participar da mesma reunião. Certamente, a tecnologia despertou em nós o quanto ágil podemos ser,  evitando deslocamentos físicos, reunindo pessoas de várias cidades, favorecendo a pluralidade das decisões e mesmo durante  o lockdown, as empresas se mantiveram ativas e produtivas.

E por fim, e não menos importante, deve ser conectado com valores e propósito da empresa.

DICA DA ARQUITETURA:  o espaço corporativo deve refletir a cultura da empresa, deve ser um ambiente acolhedor e que gere bem-estar. Deve claramente identificar o DNA da empresa e os valores que ela quer transmitir interna e externamente. E esta é a função de um belo projeto de arquitetura corporativa! Saber trazer beleza e funcionalidade aterrissando a cultura da empresa no seu escritório.

Nós da Workplace Arquitetura Corporativa já trabalhamos em nossos projetos e no gerenciamento de nossas obras estas 5 Macro Tendências que tornarão seu escritório muito mais duradouro, eficiente e acolhedor para os próximos anos e anos que estão por vir! Quer saber mais? Fale conosco: https://www.workplace.arq.br/contato/

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound
Open chat
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?
Powered by